segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

#174 - She

(fonte: facebook)
Lá estava ela, deitada em sua cama em um quarto semi-iluminado pela luz que atravessava as cortinas claras da janela. Era véspera de Natal e seu coração estava ao relento. Seu único pensamento era como não se passar por boba. Buscava uma maneira de não se apaixonar por ele. Ele parecia tão quente e tão frio. Tão presente e tão inóspito. Ela só buscava uma maneira de fazê-lo bem, mas ele criava muros e colocava espinhos que a magoavam.

Ela não quer mais falar com ele. Está com um choro preso na garganta. Ela não quer chorar, ela é uma guerreira. Ela sabe que as pessoas só dão valor quando perdem o que importa.

(...)

Ele sentiu isso na pele.

0 comentários: