domingo, 19 de outubro de 2014

#171 - Algo a dizer



Eu já pressentia que ia acabar e isso me deixou sem chão. Não sabia exatamente como seria e inicialmente eu achei que estava melhor do que imaginava, mas acho que não estou mais.

As minhas amigas me "arrastaram" para uma festa gay. Parecia tudo bem até eu ver que estava no meio de todas aquelas pessoas e mesmo assim me sentia vazia e sozinha. Realmente terminar um namoro e cair na balada não é a minha praia. Isso me deixou mal e eu não quis dizer nada para as meninas.

Eu falei que ele podia estar lá e ele me respondeu que podia. Meu mundo caiu nisso. Ainda não consigo engolir essa falta de tempo onde ele poderia estar comigo, mas não estava.

As pessoas costumam dizer que a gente aceita o amor que achamos que merecemos, mas eu não  acho que mereço isso. Então por que eu não consigo passar uma borracha em tudo e focar no que deveria?

O meu único pensamento é o beijo e o abraço quente que eu já não tenho mais, a busca pelo que deu errado ou só as lembranças de quando eu estava feliz ao lado dele.

E Onze:20 ditando a minha vida.

Talvez eu seja mesmo de um mundo diferente e ficar solitária era mesmo uma rotina, mas depois que ele apareceu na minha vida tudo isso foi mudando. Eu não me sentia mais sozinha, eu não entrava mais nas minhas crises profundas. Ele me tranquilizava.

Essa vida tão corrida e complexa que ele tem nunca me incomodou, eu só queria estar bem e fazer ele ficar bem também.

Antes de tudo isso eu decidi que ia ajudá-lo a sair daquela fossa e tirar toda a mágoa que aquela moça deixou no peito dele. Eu queria ser como uma borracha, mas no final atuei apenas como corretivo, onde por mais que se escreva por cima, ainda há indícios consideráveis de que ouve um erro ali.

Não estou triste por estar mal, estou triste por ter falhado. Por tudo ter acabado e por não não conseguir acomodar isso aqui dentro ainda.

E me sinto boba por estar aqui remoendo isso enquanto ele está ocupando a mente com outras coisas. Uma hora ele nem vai lembrar mais que eu estive ali e aposto que vai levar muito menos tempo do que eu vou levar para deixar a ficha de que tenho que continuar andando sozinha cair.

Por que gostar de alguém vai ser sempre assim? Estou procurando o botão de desligar. Não quero falar que sinto saudades suas.

0 comentários: