terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

#167 - Insegurança

(fonte: facebook)
Para mim, a vida é uma roda gigante. Portanto uma hora podemos estar no topo e outra hora na base. E existem as "zonas neutras" que são os pontos entre os extremos. Então quando estou no topo eu amo e sou amada e quando estou na base sofro e não sou correspondida. As "zonas neutras" correspondem à época que não estou amando, nem sofrendo.

Sou extremamente sentimental e perceptiva. Bem do tipo que sempre percebe que o clima não está bom ou que as pessoas estão tristes. Acho que por esse motivo consigo equilibrar os meus sentimentos e, de certa forma, não demonstrar quando estou mal. Esse ano mal começou e eu já experimentei n sentimentos distintos. Descobri que pior do que perder a pessoa gosta é ser traído por ela sem motivos.

Eu o perdoei. Afinal, não existia um status que definia o que éramos. Agora eu tento não pensar no que aconteceu, mas eu sou mulher e mulher sempre tem as piores ideias em mente. E por trás disso tudo eu crio infinitas cenas e tramas na minha cabeça e isso me deixa triste. Eu sei que parte (ou tudo) o que eu penso é pura paranoia, mas estou traumatizada.

Você está comigo e eu realmente vejo isso como uma prova de que você quer estar comigo. Afinal, todas as desculpas que me foram dadas se perderam junto com o (talvez) medo de não me ter mais presente.

E todo dia eu retomo essa ideia, porque é maravilhoso quando você me abraça. E eu me sinto feliz quando segura a minha mão. Eu quero que todas essas ideias ruins vão embora, só para poder acreditar cegamente quando você me fala que o meu abraço é bom, que eu sou importante e que eu posso tudo exceto ir embora.

Estou lutando contra o bloqueio que tenta me tirar tudo de bom que tivemos antes disso. Porque mesmo eu tendo falado que não acreditava que tinha sido real eu sei que foi real. E você mudou, natural e gradualmente. Você está melhor e esse era e é o meu objetivo: fazer você sorrir, porque esse sorriso é a coisa mais linda que eu tenho.

Não existe coisa melhor do que estar ao seu lado, falar com você, brincar com você e ver você sorrir. Você faz parte de mim agora. Você me faz bem, apenas.

0 comentários: