domingo, 27 de novembro de 2011

#125 - Crise feminina

Acredito que sou a pessoa mais estranha do mundo. Fico triste, boba, alegre, sem saber o por que. É uma repulsão por felicidade, talvez. Quando tudo está azul, tenho que me lembrar do cinza. E tudo vira uma merda de azul com cara de cinza.

Pode estar tudo perfeito, mas eu tenho que pensar em algo para não estar. É automático. Crise feminina.

Eu faço de tudo o que é legal, uma porcaria. Mas aí ele vem e conserta para mim. Do jeito dele, mas conserta.

Milhões de eu te amo, bebê!


1 comentários:

Nikka Piress disse...

Oie (^.^)
Achei seu blog mega lindo!
Aceitas parceria?

Beijos, Nikka.
http://soulcollide.blogspot.com/