sábado, 6 de agosto de 2011

# - Carta VI


Lugar Nenhum, 19 de Julho de 2011.

Querido Joe,

Faz algum tempo que não paro para lhe falar, desculpe. Resolvi fazer isso por agora. Meu coração está apertado, apertado como as sardinhas da lata. Talvez mais. Queria chorar por uma ou duas vezes e agora.

Poxa, Joe, o que acontece comigo? Por que não posso tê-lo no meu coração sem ter que dividir espaço com essa tristeza infeliz? Isso dói, às vezes um pouquinho mais do que deveria.

Parei por muitas horas hoje, meu amigo. Éramos eu, a música e o céu. Aos poucos o Sol se foi e eu fiquei com as poucas estrelas que a neblina não escondia.

Andei muito de um lado para o outro, acho que cheguei a cem vezes. A música me martelou mais um pouco.

Pois é, Joe, estou eu, aqui, novamente perdida nessa estrada sem sentido. Minha vida. Ser triste é estar sozinho, pode-se dizer assim. Ainda bem que tenho você, mesmo que distante. Tenho você.

Nunca vai me abandonar, não é? Acho que a única pessoa que eu aceitaria essa promessa é você.

Obrigada por estar aqui.

Hanna

3 comentários:

AquilesMarchel disse...

eu poderia perfeitamente dizer isso pra alguem hoje...
muitom bom

Mundo Teen disse...

Ooi ameei o blog, queria saber se vc não gostaria de fazer parceria com o meu blog?
http://1mundoteen.blogspot.com/
qualquer coisa me avisa por comentário lá ok e já to seguindo retribui lá!
Bj ;*
CarolMatozo'

Ellen Ribeiro disse...

eu não consigo acreditar, até agora, no que li nos seus textos. porque nossa, nas cartas de Hanna a Joe, você simplesmente parece descrever a história da minha vida. nestes trechos, principalmente: " Por que não posso tê-lo no meu coração sem ter que dividir espaço com essa tristeza infeliz?", "Ainda bem que tenho você, mesmo que distante." e "Como já disse, não tenho muitas vontades, só queria poder estar com ele e abraçá-lo como se não fosse mais soltar... Nunca mais! É, ele acalmaria a minha alma, sim.". Foi incrível ler, soa exatamente como a forma como eu me sinto em relação ao meu namorado. o seu blog se encaixou perfeitamente na minha vida.
estou seguindo e estarei sempre passando por aqui.
um beijo,
Ellen.

http://pontadeimpacto.blogspot.com/