segunda-feira, 30 de maio de 2011

#97 - Fecha a porta



Bah! Às vezes é melhor não voar demais no sentimento, quando está lá no topo, vem alguém e lhe acerta! POFT! Cai no chão. Já estava estranhando esse meu quebra-cabeça. As peças nunca haviam se encaixado tão facilmente. Logo tinha que aparecer uma para não encaixar e causar a maior bagunça nessa cabeça aqui.

Disse que estava tudo azul, tudo lindo... Até eu ficar careca. Pois veja bem, ficar careca não é uma vantagem. Não é mesmo! E tudo ficou cinza. Tudo não, você ainda é azul. Menos mal.

Eu tinha uma felicidade que não me cabia no peito. Estava boa. Aquecia a alma. Veio alguém, de alguma esquina qualquer, e abriu esse peito. Foi aí que a felicidade ganhou espaço para escapar. Disponibilizou cadeiras para o medo e umas outras para a insegurança. Ei, felicidade, não vai assim não. Ainda lhe quero aqui comigo, nem que seja por mais alguns tempos.

Bem, acho que ela não me escutou. A insegurança e o medo fazem barulho demais! Preciso achar alguma coisa que cale esses dois. Ei, amor, você ainda está aí? Pode me ajudar?

3 comentários:

Sabrina Torres disse...

AAAAAAAAAAAAH
Não é só com você que acontece isso. De vez em quando eu fico tão feliz, feliz a ponto de achar que nunca mais alguém vai me derrubar, mas sempre derrubam. Não sei se é de propósito, pode até ser sem querer, o fato é que me derrubam. Nem acho forças pra levantar. Procuro, procuro e procure e a força vem de onde nem esperava, de onde nem tinha cogitado a possibilidade da força estar lá.
Mas Gi,você sabe que você é incrivel, insegurança e medo fazem parte, mas não é o fim porque você sempre vai ter alguém pra te levantar quando você cair. Pode ter certeza!
Bom, falei demais.
Beijo :)

S.Sailor Starr disse...

Aah, eu concordo com a Sabrininha;
Realmente não é só com você.
Tenho muita raiva quando eu estou extremamente feliz e algo, ou algém vem e me deixa muito triste. Ou quando eu estou viajando mesmo em alguma ideia e alguém vem e diz que ela é ruim. Isso me deixa muito triste, sério.
Você é especial Gi. O medo não é forte o suficiente pra derrubar alguém como você. Sendo assim, feliz, nada te fará mal no mundo.
Sabe que se precisar de algo, estou aqui, é só gritar. E, assim como eu, muitas outras pessoas que te cercam e, mesmo nao demonstrando, se preocupam com você. E isso é porque "o simples é incrível"! ;)
Te amo amiga, beijinhos

Alana Araújo disse...

Oi! Adorei seu comentário lá no meu blog. Li algumas coisas suas e realmente gostei. Você tem talento. Seguindo.