sábado, 14 de maio de 2011

#94 - Fatos


É realmente incrível como tudo o que eu faço, falo, penso, ajo, escrevo é para você ou dirigido a você. Mesmo você sendo a causa da minha situação ruim é para você que eu quero correr e dizer tudo o que me aflige. É você que eu procuro para enxugar essas lágrimas todas. É o seu jeitinho que o meu coração procura quando está choroso.

Não costumo chorar acompanhada, não quero chorar acompanhada. Não gosto de mostrar que eu estou mal ou que estou triste, principalmente se for você o meu observador. Essas ações machucam não só a mim, mas a você, de maneira que me machucam duas vezes.

Odeio ser dura com você, mas deveras fui obrigada. Não é muito fácil ter que encarar todas aquelas pessoas quando a vontade é sumir, ficar naquele lugar, falar com todo mundo tendo a única vontade de cair na própria cama e chorar.

Não quero que fiquemos mal, não quero estar mal novamente. A causa da minha estranheza não é só o que andou se sucedendo entre nós, mas entre todos que me cercam. Até o meu cachorro mudou comigo. Eu só quero que parem e não continuem a magoar o que está quase cicatrizado.

1 comentários:

Dé Mattos disse...

Eu tb não sei chorar acompanhada. Independente de quem for a companhia.
Meus choros, sofrimentos e lamúrias só pertencem a mim e ninguém pode fazer nada com eles..
Adorei o layout novo!
Beijo querida!