segunda-feira, 7 de março de 2011

#81 - Minha Terceira Guerra Mundial

(fonte: weheartit)
Sinto vontade de declarar guerra a mim mesma. A tudo o que me deixa confusa. Tenho tanta vontade, que chego a sentir o sangue derramando. Queria destruir tudo o que está me deixando assim por esses tempos. Eu sinto que estou sozinha, que não tenho ninguém em que eu possa confiar. Eu não queria sentir isso, eu sei que não é real. Não consigo fechar os olhos quando sei que o mundo me rodeia. Juro que eu tento, mas é impossível. Como os antigos chefes da máfia que vivem com a desconfiança, esperando os que têm sede de vingança.

Seria errado querer amigos? Quero apenas achar alguém que compartilhe da mesma angústia. Sinta o mesmo gosto.

Será que isso está se tornando visível? Até onde as minhas atitudes mostram sobre mim? Quantas vezes viram o meu choro por trás do meu silêncio? Só ele sabe quando tem que me abraçar.

É tão inexplicável. Não consigo me apegar a nada, talvez por medo. Não acredito como antes. O que é meu é intocável, frágil. Tenho medo de quebrar, medo de entregar. Infelizmente, eu me limito por proteção. Proteção que eu não quero. Eu quero tocar no que eu tenho, sentir intensamente. Se for para queimar, que queime. Oras, quero declarar. Declarar guerra ao que não vejo? Ao que eu sinto. O que eu tenho, eu receio perder. De forma estranha, eu receio. Sei que é meu, mas não creio. Há a necessidade de provas e qualquer que seja o receio, tudo desaba.

Quero guerrear, não quero me tornar uma cápsula protegida. Quero brigar, se preciso, machucar-me para sentir. Quero amar mais, sentir o que vivo. Viver o que sinto. Quero acordar sem sono, sentir-me segura como no abraço dele. Quero brincar. Não me importar com o medo.

Numa manhã ensolarada, quando o sol bater forte à janela. A garota acordará. Seu quarto estará iluminado e tudo será como antes. O amor transbordará.

2 comentários:

Candy Reis disse...

que bom que gostou linda *--*
obg por deixar seu comentário , apareça mais por la , adorei conhecer sue cantinho viu , bye♥

Mariana Januário disse...

adorei o post! *-* sei exatamente como vc se sente... Já vivi isso vááárias vezes! Parabéns pelo post, ta lindo demais! Bjos ;*