quinta-feira, 3 de março de 2011

#78 - A chave para felicidade

(fonte: weheartit)
E então, o que impede a passagem? Por que não atravessa a porta, abre caminhos e vive? Por que não tens coragem de seguir? O que barra sua vontade?

Quantas vezes já não deixou de agir por conta do que a sociedade vai reagir? Sinceramente, queria muito saber o por quê de todo esse impacto do mundo (sociedade) com o povo. Por que nos expomos ao luxo de sermos barrados pelo receio do pensamento alheio? Acomodados com o casual. Banalidade difere de normalidade. Não é porque é um ato corriqueiro que se tornou normal.

Queria muito poder socar todo mundo que não falou o que queria por medo do que os outros pensariam. Brigar com quem não cantou por vergonha da voz. Xingar quem não exalou sua essência. É difícil, mas não impossível. Mudei muito de mim em mim. Atitudes idiotas podem te fazer feliz e, desde que não magoem, fazer feliz quem está ao seu redor.

E se eu cedesse chaves? Chaves para abrir todas essas portas. Acabar com todos esses limites. Chegar com toda essa petulância e entregar as chaves para sua liberdade.

Será que depois de tudo o que o mundo, em sociedade, lhe impôs você conseguiria desempenhar o papel de ser você mesmo? Assim, desreceiado. Quem sabe o começo de todo o limite esteja em você mesmo?

1 comentários:

Mariana Januário disse...

Nhá, concordo plenamente com vc! a hipocrisia é um defeito da sociedade que me irrita profundamente! hahahahahah completamente apoiada! Bjos ;*