segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

#74 - Hey, hey apple!

(fonte: weheartit)

" A Antônio Ponce de Leão

... assim éramos nós obscuramente dois, nenhum de nós sabendo bem se o outro não era ele-próprio, se o incerto outro viveria..."

Fernando Pessoa


O livro começou assim. Queria ter um livro novo em mãos e todo o tempo do mundo para lê-lo, mas eu não tenho. Às vezes isso acaba me frustrando um pouco... Não dá certo mesmo ler no computador, eu mesma me interrompo para fuçar outras coisas. Mas eu gostei do começo desse, gostei das primeiras linhas. Geralmente, acho literatura de vestibular um saco enorme, principalmente daqueles livros impossíveis de ler. Queria poder ler o que eu quisesse, sem nenhum mimimi.

Minhas aulas começaram há uma semana e eu já estou cansada... Mas eu estou satisfeita em ocupar minha mente com algo útil, rir com pessoas corriqueiras, decepcionar-me com outras, ver o Rodrigo rir, sentir que vivo e que isso é diferente.

A agitação do momento agora é o TCC - OMG - e isso é bem tenso. Alguém tem uma ideia muito boa por aí? Ajude-me então!

Meu tio saiu do hospital hoje, vai estar aqui em casa por uns tempos. Até a situação dele melhorar.

Estar na TPM é uma coisa terrivelmente enojante, eu fico muito nojenta, muito chata, se um mosquitinho toca em mim, eu declaro a Terceira Guerra Mundial, não me suporto. Quero estar bem longe de mim, quero dar uma porrada em mim mesma! Mas como não posso fazer isso, eu bato nas pessoas que estão por perto - rindo - e elas ficam putas comigo! Apanhar ou ser mordido? E aí? E aí?

Uma brisa monstra toma conta da minha mente, junto com todo o sono que eu passei fazendo lição de Literatura. Não creio nisso, Literatura... A coisa mais inútil que eu tenho que saber, ponto. O mundo seria muito mais fácil se ninguém contestasse o lógico. Não precisamos de Literatura quando sabemos que 1 + 1 = 2. Todo mundo vê isso e não tem nada de mimimi Literário ou sentimentos do carinha de azul - de azul, porque eu gosto de azul - quando escreveu e estava miado. 

A vibe subiu à cabeça e eu tenho que começar a ler o livro de Literatura. Lúcio, Lúcia, Luciola! Estou mil vezes no céu e outras mil no inferno, a ambiguidade, o meio termo. Química é o que há ♥.

1 comentários:

Rodrigo disse...

Isso ae !
Nada de mimimi literário e nem todas aquelas suas características chatas e entediantes ! XD
quem precisa disso ? kk -quem vai prestar vestibular- mas enfim ... uashsauhas
boa sorte no TCC







-amo voce-