terça-feira, 18 de janeiro de 2011

#68 - Feeling (:

Você conseguiria saber o estado espiritual de uma pessoa apenas pela observação? Acho que essa pessoa não seria eu. Sou extremamente depressiva, sempre fui. E o mais engraçado (sim, engraçado!) disso tudo é que isso me torna terrível e assustadoramente bipolar e imprevisível.

As pessoas creem que eu sou super feliz, mas isso é supérfluo, "se o meu sorriso mostrasse a minha alma, toda vez que alguém me visse sorrindo choraria comigo". É assim, infelizmente. Não sei falar desde quando isso acontece, talvez sempre tenha estado comigo. A minha teoria é que isso se retém todas as vezes que eu estou com pessoas especiais, - que eu posso brincar e rir - todas as vezes que minha mente está agitada com obrigações e preocupações, todas as vezes que eu estou distraída. Mas que isso se espalha quando eu vou ficando sozinha, quando eu não falo, quando eu posso pensar e sentir. Então eu guardo, bem lá no fundo. Geralmente quando eu vou dormir.

Odeio quando esse sentimento se alimenta de outros para sair do seu cantinho e me despedaçar. É tão terrível essa sensação: um dia cansativo, festa chata, pessoas insuportáveis. Eu procurei um espaço para mim, não queria ter aquelas pessoas por perto, - não por muito tempo - mas elas me seguiam involuntariamente.

Bateu aquela sensação horrível. Sabe, quando você tem dezenas de pessoas ao redor e se sente sozinho, vazio? Eu não podia chorar. Oras, era uma festa - chata e desnecessária - e eu não tinha o direito de preocupar quem estava feliz e curtindo. Eu procurei novamente um lugar vazio, sem sucesso. A minha sorte é que eu achei uma distração: vídeo-game e chocolate.

Enrolei por lá até passar a vontade de chorar, depois fui encontrar meu pai. Queria alguém por perto, mas ele estava acompanhado. Sentei-me sozinha em um dos degraus da escada da frente e fiquei olhando eles conversarem, até que meu pai sentou-se ao meu lado. Estava bem, até o momento que ele precisou sair. Eu não queria que ele saísse, mas eu não podia impedir... Mais um tempo sozinha. Que droga, eu não queria mesmo ir para aquela festa! Melhor sozinha do que acompanhada por pessoas desagradáveis. O amigo da minha tia e a música me salvaram, por enquanto.

Finalmente, ir para casa tomar um banho e dormir. Isso ou a minha cabeça explodiria. Não aconteceu... Já me bastava todo esse estresse, todo esse sentimento e ainda me surge uma criatura insuportável e infinitamente odiável colocar a gota que faltava para o copo transbordar. Eu explodi tudo de uma vez. Precisava destruir o mundo, mas como eu não podia  fazê-lo mordi a minha mão - coisas que pessoas idiotas fazem - e a raiva era tanta que eu não senti a dor - naquele momento. Acho que eu chorei como nunca tinha chorado na minha vida, chorei durante horas. Quis socar a parede. Andei pela casa no escuro para não acordar ninguém. Voltei para cama. Chorei até a minha mente não aguentar, até não ver mais nada.

Já dormiu com vontade de não acordar nunca mais? Eu sim, mas eu acordei. Infelizmente acordei e eu não podia simplesmente fingir que eu era feliz. Queria me esconder do mundo inteiro. Chorar involuntariamente? O que estava acontecendo? Eu sempre consigo guardar. As lágrimas idiotas caiam sem serem autorizadas. Que grande porcaria. Eu não conseguia parar. Milhares de pensamentos maus passavam na minha mente e milhares de explicações para minha mãe. Falaria a verdade? Seria terrível, mas não conseguia falar. Nada além de chorar e chorar.

Eu queria ter perguntado a ela se achava que eu era feliz. Não, eu não sou feliz, mas é difícil fingir o contrário o tempo todo. Eu queria pedir para ela brigar comigo. Fazer esse choro parar. Queria contar como eu me sinto. Saber se ela já foi tomar banho para ninguém ouvi-la chorar. Se ela conversou com o espelho porque estava sozinha e se sentia mal por isso. Saber se ela já chorou escrevendo um texto. Saber se ela já quis morrer. Eu queria falar que eu sim, já fiz tudo isso. Eu já quis me matar milhares de vezes, - isso me faz rir - mas eu não tenho coragem. Eu tenho medo da dor, isso sempre vai me impedir. Quem sabe quando eu descobrir um método indolor.

Bom, eu apenas queria, mas a minha voz não saía. E as malditas lagrimazinhas ainda caiam. - recomendo não chorar estericamente assim, pois sua face fica inchada, você fica horrível e não tem como negar que esteve em prantos - Eu não tinha seu controle. Só ouvia minha mãe fazer perguntas e balançava a cabeça.

Meu dia foi uma fossa, acho que fiquei pior porque não consegui controlar. Achei engraçado minha mãe perguntar onde arranhei a mão. Não eram arranhões. A atenção do dia foi para mim. Até meu pai veio ao meu quarto. Não gosto de coisas melosas. Isso me enfraquece. E não gosto de ter a atenção, já estou acostumada com sua ausência.

Enfim, não estou mais chorando estericamente. Estou controlada. Sentimentos controlados, choro idiota controlado. Até arrumei o blog! Coloquei mafagafos, owna. Minha mãe já acha que está tudo bem. Eu já marquei ETE hoje. E já consigo falar e sorrir.

Eu sei que vão aparecer pessoas querendo explicações ao ler isso aqui e eu sei que não vou saber explicar mais que isso. É básico de mim - já que não é nada normal (risos) - e eu sei que não vai mudar. Então, não adianta mimimi nenhum, ou eu mando um mafagafo te comer! (risos)

Felicidade é a obstrução da tristeza, então busquemos a felicidade.


3 comentários:

The attitude Included disse...

obg pela visita !
xoxo
theattitudeincluded.blogspot.com
segue lá ;)

Sabrina Torres disse...

kopsakosakosap'
"..ou eu mando um mafagafo te comer!..." kkkk eu ri
Nem pecisa se explicar, já fiz tudo o que você fez quando fiquei triste e confesso que não faz muito tempo que isso aconteceu.
Ter mais atenção voltada para mim quando estou triste só me faz chorar mais, é. Estranho não?
Eu considero você uma pessoa forte flor e sei que essa tristeza é só mais um obstáculo em sua vida que você vai vencer facilmente, se não conseguir facilmente pode contar comigo, eu te ajudo ;*
Beijo;*

Rachelli Natali Carpaneda disse...

Heey!!A-M-E-I o bloguxo,to seguindo & comentando...
Esse blog é puro Glamour!!Pretendo voltar aqui mais vezes...
Tem um site sabia?? =D
SEGUE & CPMENTA ele também???
Beijoos!
www.caprichospace.com