sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

#64 - 2010, OVER.

Queria que o último dia da década fosse mais animado, mais agitado, mais cool, mas não está sendo nem um pouco. Acho que se não fosse a música, eu me afogaria nesse ócio tedioso. Meus amigos: onde estão? Bom, eu não tenho mesmo. Não estou sendo ingrata, ou o que quer que pense. Eu só queria alguém aqui comigo agora. Sinto uma falta infindável de alguém para conversar e contar coisas novas e mostrar as minhas roupas novas e os meus presentes de Natal e rir dos meus momentos e saber coisas novas. Queria minha amiga para compartilhar isso. Sabe, eu tenho milhares de colegas. Daqueles que riem comigo, passam alguns momentos, sabem poucas coisas, alguns mais que outros. Mas eu tenho apenas uma pessoa que sabe muita coisa de mim e ela está fazendo falta. A amiga mais especial que eu já tive na minha vida e a que eu mais sinto a ausência. A única que eu tenho e não está aqui. Espero que volte logo. Aí as pessoas param de reclamar tanto do tempo que eu passo no computador. Elas não veem que eu estou sozinha e que essa é a minha única distração? A minha amiga está sem tempo total e eles não me dão atenção. Qual a diferença de eu estar lá ou não estar. Nenhuma, vou ter que ficar quieta mesmo. Se eu desligar o computador e perder a música, vou pirar. E eu não pretendo passar o dia estudando para não ouvir o relógio me falando que eu estou aqui sozinha. Isso é triste.

O que foi o meu dia? A música. Agora a música e o computador. As minhas palavras e os meus pensamentos. Que seja. Já que eu não tenho com quem falar, eu vou escrever aqui.

Eu não sei se eu estou feliz, acho que a felicidade que não é compartilhada não é real (como diz a descrição do blog :), mas não é que eu não queira compartilhar. Eu não tenho muitas pessoas aqui para compartilhar. Então eu me considero triste, sozinha e pronto.

Sabe, eu acho legal aquelas listas que fazem com metas para o novo ano. Mas nunca cumpro o que eu escrevo nelas. Então eu apenas espero que o outro ano seja melhor ou mais construtivo. Queria poder me empenhar mais, mas eu sei que isso não vai ser fácil. Principalmente quando começar a primeira semana de provas... Eu tenho medo disso tudo. Mas, sinceramente, eu não sei do que eu tenho tanto medo. Eu devia tentar ser mais confiante. Acho que esse é um defeito que eu odeio muito em mim. Eu sei que eu posso ser a melhor no que eu faço, mas eu não faço. Preguiça, talvez. Eu mesma me provo que eu sou boa o suficiente e eu mesma me isolo, me limito. O que se passa? Eu nunca quis me limitar. Eu adoro me jogar. Qual é a graça em não arriscar? Mas as pessoas ao meu redor me sufocam.

Ok, eu tentarei fazer com que isso seja a minha promessa para 2011. Mas qual é a promessa? Confiança? É. Eu gostei dessa promessa. Vou ser mais confiante. Afinal, não adianta ouvir as pessoas me falarem que eu posso, se eu não falo que eu posso. Não há o que perder, eu suponho. E isso parece ser legal, ser confiante é o que me faltou esse ano.

Eu pirei tanto esse ano, que é até engraçado saber que meia-noite ele acaba e que tudo o que se passou, se passou.

Mudanças! Eu adoro mudanças. Comecei mudando a letra desse texto. Mudei a ordem do meu quarto, mudei meu corte de cabelo. Agora estou querendo mudar algumas filosofias. Eu sou tão injusta comigo mesma... E sou tão legal com quem não merece. Odeio quem compete comigo. Se toca, porque você não tentam ser original? É tão idiota. Eu não preciso disso para me sobressair e para saber que o que eu faço me deixa bem ou mal. Mas tudo bem. É isso que te deixa bem, continua. Tenta ser melhor do que todo mundo.

Muito bem, eu estou melhor agora. Nada como escrever para desabafar. Ainda tenho milhares de coisas para dizer, mas agora eu quero agradecer.

Muitíssimo obrigada às pessoas que superaram um 2010 comigo. Obrigada aos que me odiaram e me invejaram, vocês me deram motivos para andar com a cabeça erguida mesmo estando na lama. Aos meus parceiros de escola que me motivaram a continuar dando cabeçadas no caderno até todas aquelas coisas entrarem na minha mente! Obrigada ao Fítor Pelego que foi essencial como conselheiro e parceiro da Química, eu não vou esquecer jamais todos aqueles relatórios FDP que a gente "botou pra fude" e os dragões da Cidinha! Nem vou esquecer o quanto me irritou e me riscou naquelas aulas do técnico mais foda de todos. A gente se equilibrou muito juntos. Sabrina, por me aturar pedindo a matéria de todas aquelas aulas que eu moscava legal! Amanda Martins por todos aqueles duetos nas aulas de Informática e por todas as risadas naquelas tardes cansativas. Thiago, por ser a pessoa mais estourada que eu conheço, me fez rir muito esse ano. Elaine, Jamile, Jaine, Paulinha, muito obrigada pelas pelegagens no Shopping. 2A, pelas manhãs que rimos juntos. 2F, pelas tardes juntos quebrando a cabeça (ou não) com a matéria mais fascinante do mundo! Ornela, por não se assustar mais comigo e por me mostrar um pouco de mim em você. Bruna, por ser a minha melhor amiga, por todos os conselhos, por todos os sorrisos, por todos os apuros no ônibus, por sempre cuidar de mim, te amo amiga. Rodrigo, por ter me mostrado o que é amar e ser amado, a pessoa mais importante do meu ano. Aos meus pais por direta, ou indiretamente estarem comigo sempre. À música por me manter firme quando meu mundo desabou e a Deus por ter tornado tudo isso possível.

"NÃO IMPORTA SE LEU TUDO ISSO OU DESISTIU NA METADE. NÃO VOU FALAR O QUE EU QUERO PARA O SEU 2011, MAS EU DESEJO QUE SE TORNE REAL O QUE QUISER, APENAS TENHA CUIDADO COM O QUE DESEJA, A CONSEQUÊNCIA PODE SER MOMENTÂNEA OU INFINITA. E ISSO, UM DIA, PODE MACHUCAR MUITO. BOM FIM DE 2010 E UM ÓTIMO 2011."

6 comentários:

Sabrina Torres disse...

Obrigada a você por estar presente no meu ano *-*
Pirua ! ♥

dear sarah disse...

Ai querida, que a felicidade de um novo ano venha sobre você,
jamais perca a esperança.

seu blogue é muito bonito! bjs

Nathalia Nicolosi disse...

Aô Gi! Vou cantar pra você: "Não chore meu amor, tudo vai melhorar..." ;)
O seu ano de 2010 não foi muito bom? - Que pena dele! Pois o de 2011 mal começou e eu tenho certeza que vai ser ótimo pra você. Até pq, se a gente não acreditar nisso, quem vai?
Sejamos otimistas em relação aos nossos dias. Não perca a esperança NUNCA!
Ligue o foda-se! Foda-se tudo aquilo que te impede de ser alguém mais feliz. (E eu discordo. A felicidade não precisa ser compartilhada. Basta você estar feliz consigo mesma). Viu?
Eu também não tenho muitos amigos, mas aprenda a ser sua melhor amiga. Eu aprendi. Quando ninguém te ouve, fique em silêncio. Você vai aprender a ouvir você.
Você é linda, Gi! Cabeça erguida, heim?!


Um beijo! (E aproveita que sua amiga tá longe e participa da promoção no Serenico. (rs) brincadeira, se quiser; participe. Vou adorar).

Lara Oliveira. disse...

Esse ano não foi fácil, acho que pra muitos. Bom, eu li teu texto, e me sinto exatamente assim. Minha melhor amiga está viajando, aquela que sabe tudo, e vai demorar pra voltar. E tenho alguns colegas, mas não é a mesma coisa. Espero que tenha um 2011 MARAVILHOSO, faça com que ele valha a pena. Curta cada minuto intensamente, faça que seja o teu ano. Se você quiser, será!
Beijos linda, e ótimo ano novo <3

Sabrina Torres disse...

Gatinha tem selos para você no meu blog tá :)

Kevin Campos Correia disse...

E que ano novo em, mas o q importa agora é agora...kkkk eh so querer q vc pode ser a melhor e consequentemente fazer td melhor! gostei do post! feliz ano novo e boa sorte com o objetivo