terça-feira, 21 de dezembro de 2010

#62 - Eu não sei o que quero falar

O título da postagem já disse tudo. Eu não sei  o que eu quero falar, mas eu sinto milhares de letrinhas entaladas na minha garganta. Estão me dando um nó em todas as minhas pequenas grandes ideias.

Não dormi nada bem hoje, perdi o eclipse que eu queria ver, ainda estou com a mente em milhão, mas isso não me deixou nada aborrecida. As coisas nem sempre são como quero, eu sei disso. Mas eu sempre tento fazer com que elas fiquem o melhor possível, não sei se só para mim. Talvez seja, eu sou um ser egoísta como todos os outros. Porém eu garanto que não sou como muitos, eu sou egoísta por pessoas felizes, por ideias geniais, por textos bem escritos e tudo isso não por mim só, mas pelas pessoas que estão comigo. Sinto-me profundamente bem quando vejo que as pessoas ao meu meio estão sendo felizes, geniais e estão expressando seus gostos, talentos e tudo aquilo que elas são. Isso me inspira.

Eu encontrei uma estrela no céu há umas noites e ela está lá para me dar boa noite toda noite quando eu deito, depois ela some. Adoro quando ela está lá no céu, atrás da minha janela de vidro, distante de toda a realidade que eu vivo e tão próxima aos meus sonhos esquecidos. Ela me fez rir essa noite. Eu realmente me senti a menina mais boba e mais acolhida do mundo. E ela deve estar lá no céu, brilhando continuamente enquanto está escuro.

A data e a hora estão combinando agora: 21/12 às 21:12. Eu gostei tanto de olhar o relógio às 2:30 da manhã e ver essa data. Não sei porque. Apenas gostei muito. Eu gosto de coisas assim. Eu sou uma pessoa de ideias complexas, de palavras profundas e de gostos estranhos. Eu falo coisas aleatórias e amontoadas, eu rio sozinha quando lembro algumas coisas e, acredito que como toda garota, eu choro sem motivos. Eu sou complexa e simples. Tenho gostos bipolares e que eu não abro mão. É isso que me constrói, é isso que eu sou.

Agora tenho milhares de ideias que estão me impossibilitando escrever. São vários sentimentos e sensações que eu me sinto estagnada neles e não me importo com isso. A única pena é que eu não posso descrevê-los para você.

Desculpe pelas letras sem sentido certo. Mas tenha certeza que não é a ausência de explicações que torna isso irreal. As letras das minhas palavras não estão vazias e mesmo se estivessem, todos somos construídos por vazios e nem por isso somos menos especiais.

6 comentários:

Sabrina Torres disse...

Estrelas são legais *-*
Eu tenho uma . Weee *-*
uhsahusa
Minha amora, seus textos tão profundos quanto sua alma, suas palavras tiram o ar de quem as lê, mesmo você não sabendo o que falar você diz tudo *-*

Beijinhos ;*

Marcos Aquino disse...

Giselaine adorei o seu texto,
Tem uma bipolaridade presente nele muito legal nas últimas linhas. O inverso de você, mostra muitas vezes como você é.
Tens palavras que expressam os seus sentimentos em coisas complexamente simples. Bjo

Dé Mattos disse...

Menina, como tu escreve bem. É uma delicia ler teus textos.
Me identifiquei muito pq tb sou mto ligada à felicidade dos outros. A felicidade e à tristeza também, porque ver alguém que eu amo triste me dói fundo e a dor se torna também minha.
Sorte tua ter estrelas para te fazerem feliz!
Obrigada pelas palavras bonitas. Gostei de lê-las em um dia que as coisas não estão bonitas para mim!
Um beijo

Scarlat Marjoory ♥ disse...

Oi! Indiquei seu blog para MAIS selos! Parabéens!

A Saga Auréola disse...

Ah como eu gostei deste texto

Giselaine, queria agradecer as visitas feitas lá no meu blog e desejar um feliz natal e um excelente ano novo.Beijos e continue seguindo meus anjos.

Nathalia Nicolosi disse...

Olha, eu sempre fico brincando com o mouse enquanto leio as suas postagens, adoro as estrelinhas que aparecem! haha
Enfim, é normal isso que você tem sentido, ter tanto para falar e não conseguir. Isso acontece muito comigo. Mas uma hora elas saem! ;-)
E se te consola, não teve eclipse merda nenhuma! (rs) Pelo menos daqui da minha casa, a lua era a mesma de sempre. (Ou seja, não perdeu nada).
E eu também adoro estrelas! ^^
Um beijo