sábado, 28 de agosto de 2010

#28 - Uma música termina, outra começa.

Estar confuso é normal, tão normal como tomar atitudes radicais e necessárias. O receio de usar as palavras erradas, paralisar-se por um segundo. Falar com o coração, palavras que não o descreve. O que são palavras para descrever o quanto outro alguém foi importante num momento de fraqueza? Não é ingratidão, mas sinceridade. Não querer magoar, não querer enganar. Sentir-se sufocar no silêncio mais longo e doloroso dos últimos tempos. O abraço mais sentido. Agradeço por cada dia de compreensão e carinho. A pessoa mais linda do mundo.

0 comentários: