sábado, 7 de agosto de 2010

#19 - Sweet dreams


So.nhar v.int. 1. Ter sonhos. 2. Entregar-se a devaneios. T. i. 3. Pensar com insistência. 4. Ver em sonhos. T. d. 5. Sonhar (4). 6. Imaginar em sonhos.”




Onde estão meus sonhos? Faz tempo que não os vejo... Queria saber se eles têm uma solução para o impossível. Já não sonho há tanto tempo, que não me lembro mais do último. Acho que foi um sonho com o meu pesadelo... Ele parecia inofensivo. Ridículo pesadelo!

Onde estão meus sonhos? Será que eles vieram? Não os vi passar... De repente um pequeno barulho me arranca do vazio, do escuro, inexistente. Meus sonhos não apareceram... Será que o meu pesadelo é o culpado? Será que ele roubou meus sonhos enquanto trancafiou minha alma? Pobre alma.

Onde estão meus sonhos? Sonhar é essencial. Tenho medo de perdê-los. Pesadelo raptou meus doces sonhos. Ah, meus doces sonhos! O que eu vejo enquanto durmo? Não recordo. Não lembro. Eles não existem mais. Pesadelo espanta os que se aproximam... Mesmo querendo eu não consigo odiá-lo. Ele congelou os meus sonhos. Sonhos congelados, num vazio na escuridão.

Ah, como quero meus sonhos! Por que eles se foram? Teriam eles a solução dos meus problemas? Onde estão, onde? Necessito deles aqui. Não sonho ou sonho? Não vejo meus sonhos. Sou como um cego na escuridão da noite. Não vejo os meus sonhos. Pesadelo, eu lhe imploro, quero ter meus doces sonhos. Por que ocupou seu espaço? Você ocupou o espaço dos meus sonhos com tudo o que você me deu: nada. Isso é egoísmo... Não vê que não ri da brincadeira. Deixe-me ir, deixe-me levar meus sonhos tranquilos. Pior que pesadelos, é não ter o que lembrar quando acordo. Onde estão os meus sonhos? O que significa esse vazio? O caos encontra-se dentro de mim e eu não posso defini-lo. Por favor, meus sonhos! Não existe desespero maior que dormir e não sonhar. Ter o nada enquanto dorme... Apenas durmo.

0 comentários: